Exposição de Pintura “Inéditos de Abel Salazar” Exposição de Pintura “Inéditos de Abel Salazar”

“Abel Salazar, Egas Moniz e as Duas Culturas”

Terça, 13 de Maio

Conferência de Manuel Valente Alves, Diretor do Museu da Medicina de Lisboa

 

“Abel Salazar, Egas Moniz e as Duas Culturas”
Conferência de Manuel Valente Alves, Diretor do Museu da Medicina de Lisboa

No âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Museus - Museus: As coleções criam conexões, a Casa Municipal da Cultura recebe uma exposição de pintura de obras inéditas de Abel Salazar, em consequência da parceria estabelecida entre a Casa-Museu Egas Moniz e a Casa-Museu Abel Salazar, que está patente ao público até dia 24 de maio, na Casa Municipal da Cultura.

Esta união de dois destacados cientistas da primeira metade do século XX (e a sua relação com a arte) dá ainda o mote para a conferência “Abel Salazar, Egas Moniz e as Duas Culturas”, no próximo sábado, dia 17 de maio, às 18h00, com Manuel Valente Alves, diretor do Museu da Medicina de Lisboa.

Em 1959, na célebre conferência «As Duas Culturas», na Casa do Senado em Cambridge, o físico e escritor inglês Sir Charles Percy Snow mostrava-se chocado com iliteracia dos cientistas quando confrontados com saberes diferentes dos seus, iniciando assim um debate que irá perdurar mais de meio século, agitando os mundos da ciência e da arte. Porém, décadas antes, dois dos mais destacados cientistas portugueses da primeira metade do século XX, Abel Salazar e Egas Moniz, já tinham ultrapassado essa questão, mostrando, através da sua prática investigacional, que essas duas grandes áreas do saber não só se interpenetravam, como se potenciavam mutuamente.

Manuel Valente Alves, médico e artista plástico, dirige o Museu de Medicina da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL) e é co-regente da disciplina de História da Medicina na FMUL. É membro da Academia Nacional de Medicina de Portugal. Desenvolve trabalho de investigação nas áreas da história da medicina e do pensamento médico e das suas relações com a cultura visual. Neste âmbito editou e co-editou cerca de duas dezenas de livros e comissariou várias exposições institucionais.